Entrevista ao Sr. Deputado e Presidente do PPM, D. Nuno da Camara Pereira

Área dedicada à apresentação e ao debate das entrevistas concedidas ao monarquicos.com

Moderador: Beladona

D V - Membro Banido
Monárquico
Monárquico
Mensagens: 189
Registado: 7 de junho de 2007 às 18h37
Localização: Alentejo

Mensagem por D V - Membro Banido »

Pedro Reis Escreveu:Miguel...o homem quanto muito é Eng., mas se retirares apenas o "r" não falhas de certeza!!! :lol:
Caro Pedro Reis
o Dr. é à brasileira , já que a impostorisse e a mentira é tanta , o Dr. asenta que nem uma luva caro Miguel , fez bem ,no meu ponto de vista , há o "PPM"não existe
O Curso de regente agricola é equivalente ao antigo 7º ano dos liceus
em 1975 é que mudamos para o 12º ano e os regentes agricolas o curso passou a ser de Eng tecnico Agrário
Só que a maior parte de quem frequentava este curso Regente e Feitor agricola , este com equivalencia ao 5ºano liceal
Como dizia alguns alunos eram tão burros tão burros que acabavam o curso depois dos 22anos a seguir à tropa , e começaram como regente agricolas e acabram com Engenheiros tecnicos em 1975 .
Alem disto há de facto algumas grandes e respeitadas cabeças que foram regentes agricolas e depois seguiram o curso superior de engenheiros Agronomos e outros de Veterinários que hoje são bons cidadãos
A escumalha teve que se empregar toda nos serviços da Agricultura em 1975 em pleno Gonçalvismo(funciários publicos) , estão a ver o filme , burros com idades a chegar aos 30anos e com o figado estragado . E viva a reforma agraria (e a competencia que eles tinham ás secretárias , Meu Deus).
Só aqueles que sofreram na pele o roubo das propriedades de familia é que mudaram alguma coisa o resto é o que sabemos .
Há já me esquecia o livro tem as cores da Franco-Maçonaria e o "varrasquinho" do regente agricola fadista , não tem a coragem de dizer que é Grão Mestre de uma ordem que foi da Maçonaria e excomungada pelo Vaticano . não comprei mas estive a ver no expositor , vamos lá a ver se é desta que ele é expulso da bancada do PSD , ofende os monarquicos que votaram nele, é para agradecer, tal é esta inteligencia .
Caro José Tomaz
Tem Toda a Razão , eu estive no lançamento de um livro do Carloas Consiglierí em Grandola , há fotos desse grande acontecimento e tive o prazer de conhecer e jantar ao lado do D. Pedro Folque que achei pessoa educada e de fino trato e só falamos de Olivença .
Mas os franco-mações é que percebem destas coisas , não é verdade :wink: :lol:

Churchill
Utilizador
Utilizador
Mensagens: 79
Registado: 26 de abril de 2007 às 16h18

Mensagem por Churchill »

"Dom" ?? Que eu saiba o senhor, que pela caridade do PSD tem o seu salário como deputado, não tem nem nunca teve o título de dom.
Só a mulher dele o tem como filha do marquês de Borba, mas machista como ele é nunca poderia consentir isso.

Relativamente ao lançamento do livro foi, confesso, muito mais mediático do que estava à espera.

S.E. o duque de Loulé e o irmão D. Filipe de Loulé foram pelo menos os presentes mais notórios. Acho que isto já começa a ser mais do que solidariedade para com um parente familiar.

D V - Membro Banido
Monárquico
Monárquico
Mensagens: 189
Registado: 7 de junho de 2007 às 18h37
Localização: Alentejo

Mensagem por D V - Membro Banido »

Diogo Ventura Escreveu:
Pedro Reis Escreveu:Miguel...o homem quanto muito é Eng., mas se retirares apenas o "r" não falhas de certeza!!! :lol:
Caro Pedro Reis
o Dr. é à brasileira , já que a impostorisse e a mentira é tanta , o Dr. asenta que nem uma luva caro Miguel , fez bem ,no meu ponto de vista , há o "PPM"não existe
O Curso de regente agricola é equivalente ao antigo 7º ano dos liceus
em 1975 é que mudamos para o 12º ano e os regentes agricolas o curso passou a ser de Eng tecnico Agrário
Só que a maior parte de quem frequentava este curso Regente e Feitor agricola , este com equivalencia ao 5ºano liceal
Como dizia alguns alunos eram tão burros tão burros que acabavam o curso depois dos 22anos a seguir à tropa , e começaram como regente agricolas e acabaram como Engenheiros tecnicos em 1975 .
Alem disto há de facto algumas grandes e respeitadas cabeças que foram regentes agricolas e outros seguiram o cursos superiores de engenheiros Agronomos e de Veterinários que hoje são bons cidadãos
A escumalha teve que se empregar toda nos serviços da Agricultura em 1975 em pleno Gonçalvismo(funciários publicos) , estão a ver o filme , burros com idades a chegar aos 30anos e com o figado estragado . E viva a reforma agraria (e a competencia que eles tinham ás secretárias , Meu Deus).
Só aqueles que sofreram na pele o roubo das propriedades de familia é que mudaram alguma coisa o resto é o que sabemos .
Há já me esquecia o livro tem as cores da Franco-Maçonaria e o "varrasquinho" do regente agricola fadista , não tem a coragem de dizer que é Grão Mestre de uma ordem que foi da Maçonaria e excomungada pelo Vaticano . não comprei mas estive a ver no expositor , vamos lá a ver se é desta que ele é expulso da bancada do PSD , ofende os monarquicos que votaram nele, é para agradecer, tal é esta inteligencia .
Caro José Tomaz
Tem Toda a Razão , eu estive no lançamento de um livro do Carloas Consiglierí em Grandola , há fotos desse grande acontecimento e tive o prazer de conhecer e jantar ao lado do D. Pedro Folque que achei pessoa educada e de fino trato e só falamos de Olivença .
Mas os franco-mações é que percebem destas coisas , não é verdade :wink: :lol:

Pedro Reis
Monárquico
Monárquico
Mensagens: 586
Registado: 11 de maio de 2007 às 17h12
Localização: Santa Cruz

Mensagem por Pedro Reis »

Caro Diogo

Por alguma coisa eu disse "quanto muito" e "umas mais acabadas que outras"! :lol:

Já uma vez escrevi isto: Será que é a maçonaria que está infiltrada entre os monárquicos ou será que são os monárquicos que infiltram a maçonaria? :twisted:

Não me vou prender muito com estas coisas. Como ouvi anteontem na série "O dia do regicídio" por parte do Buiça: Posso não ser filho de Deus, mas certamente também não sou filho da p***, serve-me lá um copo de tinto! Ou algo do género! Se aplicarmos isto aos títulos, será tudo uma questão de perspectiva!!!

Zé Tomás

Qualquer um de nós os dois sabe o quanto o NCP é personna non grata para a imprensa! Quer-me parecer que é um pouco derivado do seu charme pessoal e das poucas papas que tem na língua! Há quem coleccione selos, outros moedas, o NCP colecciona inimigos! Eu acho-lhe uma certa piada, por isso mesmo.

Quanto aos Loulés...pois, não sei ao certo quantos eram, mas pelo menos os dois que conheço marcaram a sua presença e se andam ou não a sabor do vento, bom parece que no caso deles sopra sempre para o mesmo lado.

Se tivermos presentes as alterações que se verificaram no jantar de conjurados de 2006, também parece que mais alguém lhe dá o crédito às acções, que embora façam, não falam das mesmas! Pelo que é melhor falar-se sem rodeios, assumidamente o D. Pedro tem-se como um pretendente ao trono e há quem o empurre "sem ele querer"!! :lol: :lol:

D V - Membro Banido
Monárquico
Monárquico
Mensagens: 189
Registado: 7 de junho de 2007 às 18h37
Localização: Alentejo

Mensagem por D V - Membro Banido »

Pedro Reis Escreveu:Caro Diogo

Por alguma coisa eu disse "quanto muito" e "umas mais acabadas que outras"! :lol:

Já uma vez escrevi isto: Será que é a maçonaria que está infiltrada entre os monárquicos ou será que são os monárquicos que infiltram a maçonaria? :twisted:

Não me vou prender muito com estas coisas. Como ouvi anteontem na série "O dia do regicídio" por parte do Buiça: Posso não ser filho de Deus, mas certamente também não sou filho da p***, serve-me lá um copo de tinto! Ou algo do género! Se aplicarmos isto aos títulos, será tudo uma questão de perspectiva!!!

Zé Tomás

Qualquer um de nós os dois sabe o quanto o NCP é personna non grata para a imprensa! Quer-me parecer que é um pouco derivado do seu charme pessoal e das poucas papas que tem na língua! Há quem coleccione selos, outros moedas, o NCP colecciona inimigos! Eu acho-lhe uma certa piada, por isso mesmo.

Quanto aos Loulés...pois, não sei ao certo quantos eram, mas pelo menos os dois que conheço marcaram a sua presença e se andam ou não a sabor do vento, bom parece que no caso deles sopra sempre para o mesmo lado.

Se tivermos presentes as alterações que se verificaram no jantar de conjurados de 2006, também parece que mais alguém lhe dá o crédito às acções, que embora façam, não falam das mesmas! Pelo que é melhor falar-se sem rodeios, assumidamente o D. Pedro tem-se como um pretendente ao trono e há quem o empurre "sem ele querer"!! :lol: :lol:
Caro Veterinário Pedro Reis

O NCP é uma pessoa apagada , nem categoria tem para ter "inimigos" ,não passa de um triste .
Acho graça como ainda há umas minorias que "acreditam" , mas é por pouco tempo
Faz lembrar quando eu andei no Segundário ( nesse tempoe em1970, havia publicidade ao tabaco infelizmente ), comecei a fumar e o dinheiro era pouco e contado , assim havia uns que andavam sempre à crava , a certa altura estavam conhecidos e não fumavam mais se não comprassem , pois ficam sempre conhecidos os "chicos espertos"
Grupelho politico que não tenha as 5 000 assinaturas , deixa de ter acesso ao nosso dinheiro para as campanhas eleitorais .
Por isso é que digo que o "PPM" já não existe
Já agora onde andavam os Loulés de há oitenta anos até há tres anos atraz
?
Talvez "distraidos"

::15::

Churchill
Utilizador
Utilizador
Mensagens: 79
Registado: 26 de abril de 2007 às 16h18

Mensagem por Churchill »

Diogo Ventura Escreveu:
Já agora onde andavam os Loulés de há oitenta anos até há tres anos atraz
?
Talvez "distraidos"

::15::
Na verdade no tempo de D. Manuel II não existia um duque de Loulé. Podia existir uma duquesa de Loulé, mas D. Constança nunca quis usar esse título preferindo usar o mais antigo da sua casa (pode ver isso no meu site) o de condessa de Vale de Reis.
Em 1909 D. Maria Domingas, a putativa 3ª duquesa, nunca se encartou dos títulos porque na altura era extremamente caro pagar os direitos de selo de um ducado.
Os Loulé sempre seguiram o protocolo de pedir alvarás ao Conselho de Nobreza o que implica, deduz-se, aceitação dos herdeiros de D. Manuel II.

D. Filipe de Loulé (auto-intitulado "conde de Rio Grande") tomou recentemente a atitude ousada de colocar o seu irmão como o sucessor dos reis de Portugal num livro seu sobre famílias reais europeias.

JTMB
Monárquico
Monárquico
Mensagens: 504
Registado: 23 de abril de 2007 às 11h22
Localização: Estoril
Contacto:

Mensagem por JTMB »

Churchill Escreveu: D. Filipe de Loulé (auto-intitulado "conde de Rio Grande") tomou recentemente a atitude ousada de colocar o seu irmão como o sucessor dos reis de Portugal num livro seu sobre famílias reais europeias.

Caro Churchill

Concorde-se ou não com a atribuição deste titulo, eu defendo que a verdade é para ser dita, e a verdade é que este titulo lhe foi reconhecido ainda pelo extinto Conselho de Nobreza. Claro está que também é verdade de que quando o Filipe o requereu teve de assinar uma declaração que termina dizendo " Declaro ainda por minha honra reconhecer SAR o Senhor Dom Duarte e a sua descendencia legitima como unico Chefe da Casa Real Portuguesa" Se depois mudou de ideias isso já não sei, mas esta declaração existe e está bem viva...


Um abc


Zé Tomaz
Imagem

Churchill
Utilizador
Utilizador
Mensagens: 79
Registado: 26 de abril de 2007 às 16h18

Mensagem por Churchill »

JTMB Escreveu:Concorde-se ou não com a atribuição deste titulo, eu defendo que a verdade é para ser dita, e a verdade é que este titulo lhe foi reconhecido ainda pelo extinto Conselho de Nobreza. Claro está que também é verdade de que quando o Filipe o requereu teve de assinar uma declaração que termina dizendo " Declaro ainda por minha honra reconhecer SAR o Senhor Dom Duarte e a sua descendencia legitima como unico Chefe da Casa Real Portuguesa" Se depois mudou de ideias isso já não sei, mas esta declaração existe e está bem viva...
O condado de Rio Grande teve como primeiro detentor D. Lopo Furtado de Mendoça (1661-1730) e após o seu falecimento o condado esteve extinto até ser reavivado dois séculos mais tarde (alvará 1491 de 30/04/1994, processo 1340 do CN) na pessoa do anterior duque de Loulé D. Alberto que faleceu em 2003.

O Boletim Oficial do CN de 2000 só menciona D. Alberto como o único agraciado desta honra.

O Genea, não sei porque carga de água, menciona D. Filipe de Loulé como conde de Rio Grande, um condado vitalício atribuído por especial graça ao pai e cita como fonte bibliográfica o anuário de nobreza de 1985 onde não é sequer mencionado o título.

Se há coisa que não gosto é de seguir a carneirada... e acho este título mais duvidoso que outra coisa. Teria D. Duarte assim tanta estima por D. Filipe ?

Mk1
Monárquico
Monárquico
Mensagens: 112
Registado: 10 de fevereiro de 2008 às 16h50

Mensagem por Mk1 »

Boa noite

Passei por aqui e não resisto...

Porque é que abrem topicos para falar de coisas ligadas ao NCP e depois nem lhe passam cartão ?

Como é que aparecem pessoas que se dizem apoiantes do Francisco Van Uden, ligados a foros tradicionalistas e portanto que deveriam por uma questão de coerencia ser MIGUELISTAS aqui a defenderem o NCP que se diz anti-Miguelista Primário?

Até já

Pedro Reis
Monárquico
Monárquico
Mensagens: 586
Registado: 11 de maio de 2007 às 17h12
Localização: Santa Cruz

Mensagem por Pedro Reis »

Talvez porque tenha depreendido mal várias coisas.

Responder