Monarquicos.com Monarquicos.com Fórum Monarquicos.com Vídeos Monarquicos.com Adicionar aos Favoritos
Deputado Pedro Quartin Graça responde a constestação do Bloco de Esquerda
Deputado Pedro Quartin Graça responde a constestação do Bloco de Esquerda Deputado Pedro Quartin Graça responde a constestação do Bloco de Esquerda
2008.01.29 15:29h
Divulgação da nota de imprensa do Deputado Dr. Pedro Quartin Graça, eleito pelo MPT, quanto à contestação por parte do bloco de esquerda sobre a participação das forças armadas na evocação do antigo chefe de estado, o Rei D. Carlos em 1 de Fevereiro.
Imprimir Imprimir este artigo • Texto : Pequeno Normal Grande
Fechar
Enviar artigo por email
Indique o endereço de e-mail para o qual deseja enviar uma mensagem contendo um link para este artigo:

Após a divulgação pública da participação das Bandas do Colégio Militar e do Regimento de Lanceiros 2 na cerimónia de evocação do antigo Chefe de Estado português, S.M. o Rei D. Carlos, no próximo dia 1 de Fevereiro no Terreiro do Paço, em Lisboa, o deputado do Bloco de Esquerda, Fernando Rosas, fez chegar ao Ministério da Defesa um requerimento no qual contesta a referida participação.

A colaboração das referidas Bandas, a do Colégio Militar (local onde D. Carlos estudou) e a do Regimento de Lanceiros 2 (local onde prestou serviço militar) no evento limita-se, de acordo com o previsto, ao “toque de finados”.

A tentativa de interferência do Deputado de Bloco de Esquerda nos preparativos da evocação do Regicídio é, no nosso entender, indigna de um representante do povo português, revelando uma visão sectária daquela que foi o papel desempenhado por um antigo Chefe de Estado, S.M. o Rei D. Carlos, a quem todo o País, Forças Armadas incluídas, deve o merecido respeito pelos serviços prestados a Portugal em determinado momento da nossa história.

Estamos certos que o Governo português saberá optar entre a Dignificação do Estado e dos seus Altos Representantes e aqueles que, com esta contestação, não mais fazem do que expressar publicamente opiniões radicais próprias do seu posicionamento extremista e minoritário na sociedade portuguesa.

Lisboa, Assembleia da República, 29 de Janeiro de 2008

O Deputado,
Pedro Quartin Graça

Miguel M. Costa
Comentar Comentar
  Anónimo
log-in? | registar
Restam 1200 caracteres
Comentários Comentários (1)
Anónimo 21.02.2008 03:49:10
Muito bem dito Parafraseando Edmond Ronstand, pela boca de Cyrano de bergerac, é apenas a canaille qui grogne .